Menu
Para visitar

Principais pontos turísticos de Sintra: Um roteiro mágico e inesquecível

Sintra fica a apenas a uma hora de comboio de Lisboa e requer uma caminhada moderada para as principais atrações de Sintra. Sair dos subúrbios ocidentais de Lisboa e subir a Sintra é como atravessar para outro mundo.

Aninhada nas cénicas montanhas centrais de Portugal, Sintra é diferente de qualquer outro lugar que já visitou. E nós explicamos-lhe porquê.

Fazer uma visita de um dia a Sintra é como visitar um parque temático para os amantes da arquitetura.

Ideal para uma escapadinha de um dia a partir de Lisboa, Sintra é frequentemente descrita como um mundo totalmente diferente. Outrora um santuário real, esta área considerada Paisagem Cultural - Património Mundial da Humanidade da UNESCO está repleta de castelos, palácios, parques, trilhos e sobretudo vistas de cortar a respiração. Sintra é uma explosão de cor e arquitetura entre o verdejante da serra.

Vamos explorar então o que há de melhor para fazer em Sintra:

Palácio Nacional da Pena

Recentemente eleito uma das "7 Maravilhas de Portugal”, o Palácio da Pena foi encomendado pelo Rei Fernando II em 1838 nas ruínas de um antigo mosteiro.

A ostensiva arquitetura ao estilo Disney e o cenário alto lembram o Castelo Neuschwanstein de Ludwig II, na Baviera, mas o Palácio da Pena é na verdade algumas décadas mais velho, tendo sido, de facto, o primeiro palácio romântico na Europa.

Como era moda na época, o palácio reúne vários estilos históricos, do mouro ao renascentista, sendo sem sombra de dúvidas o expoente máximo do romantismo do século XIX em Portugal.

Foi construído como uma residência de verão e tem estuques fascinantes e pinturas interiores trompe l'oeil, e o parque tem vistas que irão surpreendê-lo.

O Palácio da Pena tem também uma coleção surpreendente de árvores, mais de 2 000 espécies, oriundas dos quatro cantos do mundo, graças ao microclima existente nesta região.

Castelo dos Mouros

Elevando-se a cerca de 412 metros acima do nível do mar, encontram-se as ruínas de um majestoso castelo, envolto em neblina.

Construído pelos mouros no século X e ampliado após a Reconquista, o Castelo dos Mouros em Sintra pode ser visto a partir de grande parte da vila, reinando lá de cima.

As suas muralhas coroam Sintra de forma magistral e, quando as nuvens se dissipam, as vistas sobre a colina e o vale do Palácio de Sintra, e sobre o Atlântico são de tirar o fôlego.

As vertiginosas muralhas do castelo estendem-se pelas montanhas e pelas enormes pedras cobertas de musgo.


Quinta da Regaleira

Idealizada pelo designer italiano de cenários de ópera, Luigi Manini, esta quinta e os seus jardins saídos de um conto de fadas, são uma extravagância neo- manuelina do magnata do café brasileiro António Carvalho Monteiro, também conhecido como "Monteiro dos Milhões”.

A sua riqueza foi canalizada para a estonteante Quinta da Regaleira, que está repleta de pequenos monumentos que refletem o fascínio de António Monteiro pelos Maçons, Cavaleiros Templários, adivinhações, mistérios e lendas.

A Quinta da Regaleira nasceu de um sonho, mas é no parque da Quinta que melhor se percebe a personalidade excêntrica de Monteiro: no subsolo existe um sistema de túneis e grutas, todos destinados a confundir e encantar.

Os "poços de iniciação” são um dos principais pontos turísticos de Sintra e um dos lugares mais fascinantes da Quinta. Estes poços profundos são revestidos com escadas em espiral que nos levam ao interior da terra para cerimónias misteriosas.

Parque e Palácio de Monserrate

Monserrate fica mais distante do que os outros palácios em Sintra e, por isso, não tem tanta afluência de visitantes. Mas isso não significa que o deva excluir da sua lista de locais a visitar em Sintra.

O Parque de Monserrate foi projetado em meados do século XIX para Sir Francis Cook, um aristocrata inglês, que recebeu o título de Visconde de Monserrate pelo Rei Luís I. A criação dos jardins foi pensada de forma a aproveitar as características microclimáticas da serra de Sintra, sendo que o parque conta com mais de 3 000 espécies exóticas.

A influência islâmica no Palácio de Monserrate é inegável, seja nos arcos, nos estuques arabescos da escada, quer no teto da magnífica sala de música, que serve hoje de cenário a casamentos de sonho.

Doces Tradicionais de Sintra

Sintra é conhecida pelos seus doces típicos, onde se destaca de forma muito evidente a queijada de Sintra. A receita da queijada de Sintra parece simples, apenas com ovos, leite, açúcar e queijo. O queijo substitui a manteiga e dá-lhe uma textura suave e macia. Verdadeiramente deliciosas!

Outro dos doces para acompanhar um café é o travesseiro de Sintra, cuja receita incluí massa folhada recheada com creme de amêndoas e ovos. Sugerimos uma visita à Casa Piriquita no centro da vila de Sintra.

Não se esqueça que visitar Sintra é como entrar num conto de fadas, cheio de paisagens montanhosas, palácios, parques e lugares de encantar.

Também pode gostar

Últimos posts

ferias-algarve-roteiros-ar-livre
O que fazer

Férias no Algarve – roteiros ao ar livre

Fazer férias no Algarve não se resume a apenas a sol e mar. Além do clima mediterrânico e da linha de costa dominada por praias de areia dourada e fina, o Algarve oferece também um vasto leque de parques naturais, rios, sapais e áreas serranas.

Saiba mais